• fpcuesta@gmail.com

San Diego. Uma explosão de cores!

San Diego. Uma explosão de cores!

San Diego é uma cidade surpreendente. A segunda mais populosa da Califórnia e a oitava do país. É o ápice da vida ao ar livre. Um autêntico ‘playground’ para adultos. O clima é quase sempre agradável e varia pouco ao longo das estações. É limpa, ampla, organizada, ensolarada, colorida, com muita gente jovem, boas praias, parques, áreas verdes, diversos surfistas e praticantes de esportes em geral, uma bela orla, duas baías, um oceano, lindos visuais, um dos melhores zoológicos do mundo além de tudo de bom que um país civilizado como os Estados Unidos pode oferecer.

_DSC0456 [1024x768]

San Diego vale muito a visita. E ainda tem um aeroporto internacional que fica curiosa e perigosamente encastelado dentro, bem no meio da cidade. Qualidade de vida nota dez para americanos e imigrantes que lá se misturam, quase sempre de modo harmônico, inclusive alguns brasileiros, mas, principalmente, mexicanos. Bem, isso é até obvio, pois o México fica logo ali na esquina, em Tijuana.

Tem também uma importante e interessante base naval de treinamento, e um museu militar do qual falarei mais abaixo, o que faz com que o forasteiro sempre se depare com um gigantesco porta-aviões daqueles vistos em filmes ou documentários de guerra. San Diego, na minha opinião, só tem um pouquinho menos do charme e do impacto de seu santo irmão mais velho, o San Francisco. Mas isso em nada impede que ela seja ótima!

landscape [1024x768]

Ao contrário do que sugeri em outro post, aqui é indispensável que se alugue um carro, pois a cidade é ampla e entrecortada por várias rodovias, apesar de ter fácil acesso a todos os locais. O preço dos táxis é caríssimo e uma simples corrida na maioria das vezes já custará mais do que uma diária de aluguel de veículo. E, de preferência, alugue com antecedência, se possível pela internet, pois além de possuir melhores tarifas, a reserva online antecipada garante que você encontre o modelo de veículo que precisa ou que deseja, evitando assim surpresas ingratas no momento em que chegar na agência.

O imprescindível ponto de partida seria desfrutar de um passeio à pé pelos calçadões que margeiam o Seaport Village, a denominada San Diego Bay Walk, com vista para a baía, as marinas e o mar. É o calçadão deles, bem estilizado e que fornece uma incrível amostra do quanto a cidade é bonita, limpa e organizada. Aqui, o viajante encontra muita animação e descontração, com famílias andando, tomando sorvete e parando para um almoço em um dos restaurantes da orla.

_DSC0432 [1024x768]

Visite também na mesma região, o museu militar que é um espetáculo, o USS Midway Aircraft Carrier Museum. Situado dentro de um porta-aviões legitimo, onde a pessoa pode checar todas as instalações internas e externas, sendo que dentre os destaques do acervo, diversos aviões da segunda guerra, assim como as aeronaves mais recentes e modernas, helicópteros e até simuladores de vôo. Além disso, interessante assistir aos veteranos voluntários, que além de explicarem o museu, ficam discursando e contando as histórias que vivenciaram. Enorme demonstração de poder e força da marinha americana.

Outro programa fundamental que pode ser feito quando você já estiver pela orla, é um passeio até o bairro de Coronado, onde se tem uma vista grandiosa da baía de San Diego. A travessia se viabiliza pelo cruzamento de uma ponte, que liga este que é um dos mais lindos bairros da região à zona portuária da cidade. Você pode ir até Coronado Island de ferry boat e voltar de ônibus, ou vice-versa. Se estiver de carro, cruze a ponte bem devagar para apreciar o belo visual disponível, e tirar umas boas fotos.

_DSC0455

É um bairro bem turístico e bucólico, onde recomendo ainda uma visita ao antigo e remodelado Victorian Hotel Del Coronado que, apesar de ainda receber hóspedes, se tornou uma grande atração turística. Se puder, passe lá e tome um drinque no bar do lobby, e imagine que Marilyn Monroe gravou aqui cenas de um de seus mais famosos filmes, “Quanto mais Quente Melhor”.

Valorizei muito também o Centro Histórico da Cidade e o Gaslamp Quarter. San Diego é a colônia espanhola mais antiga da Califórnia. Neste vibrante local, que fica todo ao redor desta praça, vale uma caminhada sem compromisso, visitando as lojinhas e os locais para comer. Inevitavelmente, você acabará gastando algum dinheiro com compras e decidirá qual o melhor lugar para matar a sua fome.

Mudando o foco, fácil dizer que crianças adoram estar aqui. Pude constatar isso na prática, pois minhas filhas se encantaram pela cidade. Achava até que não tinha mais paciência para Jardim Zoológico, mas o “San Diego Zoo” é tão limpo, organizado e diversificado, que até mesmo um adulto aparentemente sem paciência para este tipo de programa, acabou gostando e voltando um pouco à infância. Mesmo se você estiver viajando sem os pequenos, deve visitar esta atração. Fica numa área enorme de cerca de 40 hectares na parte norte do Balboa Park. Abriga e expõe 3900 animais, que se dividem em 800 espécies diferentes. No verão (de julho a agosto) fica aberto à visitação no período noturno também, com passeios guiados e interativos.

zoo panda [1024x768]

Indo ao zoológico você verá famílias de pandas, gorilas, bonobos, crocodilos, ursos polares, tigres, elefantes, hipopótamos, flamingos e tantos outros bichos, bem cuidados e colocados em um ambiente limpo e digno, que praticamente retratam à perfeição o seu habitat natural. Fiquei até com vontade de visitar a África. Em nada se parece com alguns locais similares que visitei em um certo país tropical.

A fundação que administra o Zoológico também conta com um outro parque, o San Diego Wild Animal Park. Este último tem uma outra proposta, onde o visitante pode fazer vários tipos de safáris. Eu confesso que não fui ao wild animal, mas todos dizem que é muito bom. Eles vendem tíquetes individuais para cada parque, assim como combos que podem ser adquiridos com algum desconto para compra conjunta. O ideal é visitá-los separadamente a cada dia, até porque ficam distantes um do outro.

zoo flamingos [1024x768]

zoo elefante [1024x768]

zoo urso [1024x768]

zoo hipo [1024x768]

O Sea World, todo mundo sabe, conta com shows de baleias, golfinhos, focas e algumas outras atrações, tipo simuladores e montanhas-russas. O de San Diego é tido como o melhor de todos. Com os pequenos, transforma-se num programa indispensável. Registro também o parque Legoland, que fica na cidade de Carlsbaad, 20 km ao norte de san diego pela rodovia Interstate-5, Diversão garantida para crianças de até 12 anos. Ressalto que a mesma atração está disponível nas cercanias de Orlando.

Além disso, é obrigatório conhecer também Pacific Beach e La Jolla, dois bairros, ou pequenas vilas, contíguas à San Diego, ambas ao norte, que valem por suas lindas praias, servindo também como melhor sugestão de hospedagem.

Pacific Beach é uma praia soberba. Tem um enorme píer que deve se estender por quase uns 150 metros mar adentro, tomado por surfistas em busca das melhores ondas! Belo visual que permite fotos excelentes. Não deixe de visitá-la, ao menos uma passadinha rápida, para conferência e fotos.

_DSC0469 [1024x768]

_DSC0463 [1024x768]

_DSC0475 [1024x768]

Eu fiquei hospedado em La Jolla, bairro que tem a essência da boa vida, onde as casas, de requintada arquitetura, combinam harmonicamente com o céu azul e ensolarado. Visite a praia La Jolla Cove, uma das mais bonitas do sul da Califórnia, onde as focas e leões marinhos ficam esparramados na areia e nas pedras.

_DSC0377 [1024x768]

_DSC0378 [1024x768]

_DSC0383 [1024x768]

Quando aqui estive, garoava levemente e já era fim de tarde, mas isto em nada retirou a beleza e o impacto visual do local. Tive, ademais, uma linda epifania assistindo ao misto de alegria e espanto de minhas duas filhas se deparando pela primeira vez com a renovação do ciclo da vida, quando presenciaram, in loco, o nascimento de uma foca em plena areia. Uma situação aparentemente corriqueira e talvez sem qualquer importância para um observador mais rústico ou embrutecido, adquiriu um viés quase mágico para mim, que pude ver a cena pelos olhos da inocência de duas crianças!

_DSC0380 [1024x768]

Concluí, então, que a eternização de gloriosos momentos da vida na memória, por vezes decorre exclusivamente da mera observação de situações corriqueiras, as quais muitas vezes, pela pressa e pela desatenção, deixamos inadvertidamente de apreciar e, quando então o fazemos, constatamos que a beleza quase sempre flerta com a simplicidade, e aí nos certificamos da existência de Deus.

Ainda em La Jolla, em sua porção mais ao norte, recomendo a exploração do Torrey Pines State Reserve. Aqui, os odores de ervas, sálvia e dos pinheiros se harmonizam por completo, gerando uma mistura inebriante e sedutora ao olfato. A aludida Reserva conta com um belo parque, que dispõe de inúmeras trilhas de distintos graus de dificuldade, sendo que muitas delas vão até a praia, onde se assiste um asfixiante pôr-do-sol em um cenário incrível, com um enorme paredão de rocha calcária que nos faz sentir muito pequenos. Torrey Pines tem também um belo campo de golfe adjunto de um magnífico hotel, no qual inclusive fiquei hospedado, chamado The Lodge at Torrey Pines. Quarta foto abaixo, piscina e lobby.

sunset [1024x768]

_CSC0688

la jolla [1024x768]

_DSC0417 [1024x768]

Para finalizar, compras. Inicialmente uma dica. Quem faz esse roteiro desde San Francisco, para em várias cidades e está sempre em movimento. Logo, ao menos eu fiz assim, acaba sendo conveniente que a pessoa deixe para se debruçar sobre as famosas compras aqui em San Diego. Para esta sempre deleitosa atividade, a dica é a visita ao melhor Shopping Center da cidade, que se chama Fashion Valley Mall. Um agradável centro de compras a céu aberto, em nada claustrofóbico, com mais de 200 lojas especializadas em todo e qualquer tipo de produto, além de 18 restaurantes e cinemas para agradar a mais variada gama de visitantes.

Enfim, San Diego foi o local onde fechei o meu giro pela Califórnia, estando todos os meus passos já devidamente relatados neste blog. Uma pena que não deu pra ir à Las Vegas desta vez, o que de todo modo, acaba sendo um bom motivo pra voltar à Costa Oeste. Aqui encerro esta sequência de textos contando em prosa e verso, minha inesquecível viagem pelo estado que, sozinho, responde por quase metade do PIB americano.

Não posso deixar de agradecer à nossa querida amiga Alline, por ter nos recebido com tanto carinho e ter nos apresentado tão bem a cidade. Jamais esqueceremos de todos os momentos que passamos juntos, inclusive o delicioso jantar que tivemos em sua casa na véspera de nossa partida. Muito obrigado, de coração!

Espero ter de algum modo contribuído, ao menos para aguçar no leitor, a vontade de visitar o “Golden State”. Motivos não faltam para planejar esse magnífico roteiro! Mãos à obra e boa sorte! O céu é sempre o limite.

Do Rio pro Mundo

12 pensamentos sobre “San Diego. Uma explosão de cores!

Stephan StammPublicado em  12:46 pm - maio 10, 2013

Definitivamente vc tem de mudar de profissão. Maravilha de texto, vou colocar na minha próxima lista de lugares para visitar. Quanto tempo e de los angeles de carro ?

    Do Rio pro MundoPublicado em  2:28 pm - maio 10, 2013

    Valeu Stephan! Obrigado pelos elogios! Fico feliz em ter te motivado para ir a San Diego! Vc vai gostar!
    Fica entre uma hora e meia e duas horas de LA pela
    I-5 sul. Um abração.

eliane pires de cuestaPublicado em  10:20 pm - maio 10, 2013

Felipe, como vc. escreve bem! Leitura sensível e atraente, nos coloca na posição de parceiros: vamos literalmente viajando juntos! Seu olhar e as imagens fotográficas
se complementam com uma beleza e requinte surpreendentes! Adorei.

Carlos ReisPublicado em  12:18 pm - maio 11, 2013

Excelente blog, Felipe! Excelente prosa! Parabéns!
Carlos Reis
http://www.vinocult.net

AllinePublicado em  10:17 pm - maio 13, 2013

Lindo post Felipe!!! Que cute 😀 !!

Eu vou ter que fazer duas correcoezinhas pequeninas, ta? Nada demais… Nao fica bravo comigo…
A primeira eh que San Diego tem 2 baias, a San Diego Bay (mostrada na primeira foto do post) e a Mission Bay (a da segunda foto do post).
A segunda correcao eh: San Francisco melhor que San Diego?!?!?!? Speak Serious!!!
Vai ter que visitar San Diego de novo no verao… Ai eu quero ver voce comparar com san fran… 😛

PS: A Kaka te mostrou o meu post no Facebook?? Trata de criar uma pagina logo pra voce 🙂

Sonia FortesPublicado em  1:01 am - maio 14, 2013

Literalmente, viajei com você. Atravessei as paisagens, contemplando com seus olhos aquilo que nunca pude ver. Obrigada, Felipe. Parabéns.

FláviaPublicado em  8:20 pm - maio 24, 2013

Que maravilha de texto! Vou para San Diego pela segunda vez agora em junho e adorei ler suas dicas! Estou adorando seu blog, viu.. Parabéns pela forma leve de escrever. Muito bom!

    Do Rio pro MundoPublicado em  12:37 am - maio 25, 2013

    Prezada Flávia,
    Muito obrigado por seus sinceros elogios ao blog e ao texto. Fico muito feliz em receber esses comentários tão positivos de pessoas como você, que conheceram o trabalho por acaso e gostaram. Tento fazer um texto um pouco diferente do que mais se vê, com atenção aos detalhes, para que a pessoa que esteja lendo vá se sentindo estimulada a descobrir o lugar, misturando as necessárias dicas, com uma prosa o mais leve e agradável possível. Tomara que vc. passe a me acompanhar em meus relatos a partir de agora.
    Um grande abraço e fique à vontade se precisar de novas dicas e ou esclarecimentos sobre San Diego e as outras cidades da Califórnia relatadas nos outros posts. Felipe.
    contato: fpcuesta@gmail.com

NeusaPublicado em  1:54 am - jun 21, 2013

Que texto leve e cativante, perfeito! Parabéns!
Já adicionei o seu blog na pasta de viagens, obrigado por compartilhar suas viagens!
Neusa

    Do Rio pro MundoPublicado em  11:05 am - jun 21, 2013

    Valeu Neusa, obrigado pelos seus elogiosos comentários. Fico muito feliz com eles.
    Em muito breve, teremos novos posts.
    Um gde abraço,
    Felipe

Os comentários estão fechados.