Entre o segundo e terceiro post da Toscana, resolvi fazer uma breve pausa na série italiana e oferecer aos leitores uma grande crônica sobre Paris.  Vejamos como me saio, já que os eventuais comentários melhor dirão. A proposta aqui é um pouco diferente, pois não se trata do relato de uma única viagem, como em regra faço. Mas, ao contrário, da síntese (um pouco extensa, perdoem-me) do que foi absorvido ao longo de várias visitas… Read More →