• fpcuesta@gmail.com

Category ArchiveAustria

Innsbruck: Uma gratíssima surpresa, misturando natureza, cultura, tradição e modernidade!

A nossa viagem pelo interior da Áustria e Baviera começou pela capital do Tirol, bem à sombra dos Alpes. Chegamos no aeroporto Franz Joseph Strauss em Munique e retiramos o carro para girar pelos 6 dias seguintes. Ato contínuo, pegamos a estrada e rumamos pelas belíssimas autobahns da região, já com o objetivo de cruzar a fronteira em direção ao nosso primeiro destino. Innsbruck, fundada em 1187 e que funcionou na idade média como um importante entreposto mercantil bem no meio de uma rota comercial que cortava a Europa. (Os Romanos também já usavam o local como ponto de passagem de seus exércitos). Isso trouxe riqueza ao lugar, mas também facilitou sempre as invasões dos inimigos que, vez por outra, queriam conquistar aquele ponto tão estratégico. Cidade central da região mais turística da Áustria, com sua privilegiada geografia formada por montanhas propícias à prática dos esportes de neve e gelo, já sediou duas Olimpíadas de Inverno em 1964 e 1976. Abaixo, foto do símbolo máximo de Innsbruck, o famoso telhado de ouro:

Hallstatt: O pequeno paraíso Austríaco.

Até bem pouco antes de começar a planejar o roteiro pelo interior da Áustria, nunca sequer tinha ouvido falar em Hallstatt. Certo dia, exercendo meu hábito compulsivo de folhear títulos sobre qualquer assunto em uma livraria, me deparei com o guia visual da Folha de São Paulo, edição 2014, estampando na capa uma foto espetacular de um lugar por mim até então ignorado, onde se via um cenário paradisíaco de uma pequena vila composta por, no máximo, duas dezenas de casas, igrejas e pequenos edifícios de arquitetura tipicamente saxônicas, todos quase colados uns nos outros.

Salzburg: Mozart, Música Clássica, comida deliciosa, muitos palácios, jardins e uma enorme Fortaleza: Roteiro por uma cidade de sonho.

A Áustria (Osterreich), que já foi protagonista de um dos maiores impérios que governaram a Europa nos séculos passados e , posteriormente, no transcurso da II Guerra Mundial, se viu debilmente anexada à Alemanha em consequência de um projeto de poder desenvolvido por um ditador tirano e psicopata (curiosamente cidadão austríaco), já estava em minha mira há bastante tempo. Aproveitando um roteiro por Munique e pela Baviera, encontrei espaço para visitar Innsbruck, Salzburg e Hallstatt (Viena ficou para outra oportunidade). Valeu cada dia de visita. E isto é o que passarei a contar a partir desse post. Começarei por Salzburg: